22.1.09

rua fora
olhar a olhar
fotograma a fotograma
meço o espectro das palavras escritas
serão elas o que vejo
serão antes o que sei
o dilema do desenho da fotografia
da pintura
enquanto te moves digo para mim própria enquanto te moves
da mão da rapariga que afasta o cabelo dos olhos
para a mão que lhe descobre a espádua
um fotograma uma fractura uma peça de conversação
em contrapposto sou o contra plano de prata que a luz obscurece
escrevo eu o que vejo
escrevo antes o que sei.

3 comentários:

CNS disse...

Belíssimas palavras marcadas a sais de prata.

Anónimo disse...

Escreves o que vês com o olhr que te vem da alma que tens...e a "bagagem" intelectual que te foi proporcionada desde sempre e que é teu mérito teres aproveitado...
Beijo, sabes quem escreve.

hb disse...

gosto
palavra a palavra
linha a linha

Arquivo do blogue

 
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.