16.1.08

escrevo agora enquanto as nuvens são tomadas pela luz do meio-dia
busco palavras no peito procuro as folhas que te cobriram nos passeios
entretanto levadas pelas mulheres da limpeza

classificadas pelo burocrático amanuense
pisadas pelos estudantes pelos cães por todos os vadios incineradas
expurgadas pelos homens de sobretudo escuro que fazem sérias assembleias
homens grisalhos tão garbosos na sua meia-idade
acompanhados de mulheres tão elegantemente vestidas de fazendas masculinas
italianas por certo os sapatos também
decoradas por ouro coral pérolas
pelo rubor de uma pele esticada durante horas de ginásio
tão bem que me toma alguma inveja de secretaria
tanta que sinto as penas dos corvos crescerem pelos antebraços
rompendo a derme e a epiderme
enquanto cresce o nariz adunco qual bico necrófago
a voz articula silvos arqueia-se-me a coluna
perco o ar.

fujo.
passam dois anos enquanto escrevo engordo envelheço sorrio
desenho as nuvens tomadas pela luz do meio-dia
busco palavras procuro as folhas que te cobriram nos passeios
antes que seja tarde tarde
antes que morra o meu coração
nesse espaço de artérias entupidas.

13 comentários:

António disse...

Parabéns, Blue. Obrigado por estes dois anos. A multiplicar por mais, muitos mais.

isabel mendes ferreira disse...

.


sem palavras.

.


envelhecemos.

por dentro. tb.


mas ressalvo as tuas palavras.
como nuvens.
de um coração. liso e puro.


------------------------.

beijossssssssssssssssssss.

JPN disse...

uma dúvida por causa da força das palavras: tens rastos de poemas editados extra-blogues?

blue disse...

muito muito obrigada, antónio e isabel, pela companhia por estas andanças!...

obrigada também, jpn. à parte pequeníssimas coisas às quais quase perdi o rasto, não, não há por aí nada editado.

Scarlata disse...

Que lindo, e embora eu nao ande aqui ha dois anos posso bem afirmar que és especial. ;)

hora tardia disse...

obrigada???? obrigada???!!!!

nós leitores é que estamos gratos. pela qualidade deste blog.


ProntoS.


tenho dito...


mas com um sorriso...doce .

_____________________

CCF disse...

Cheguei só agora, mas já na festa de aniversário, o que deve ser bom. Leio duas vezes cada coisa escrita porque sinto que numa só não consigo deixar as palavras dentro de mim. Muito bonito.
~CC~

marisa disse...

obrigada por estes dois anos de arte que merece ser editada. junta os teus escritos e envia-os para uma ou mais editoras, há-de haver alguém visionário, defensor do que é belo e não do lucro fácil. seria algo bom no ano 2008: poder comprar o teu livro.

beijos e continua a deliciar, por favor.

Gi disse...

Os escorrer das horas, dos dias dos anos, com imagens e palavras desenhadas como tão bem o fazes.

Um beijo

laura disse...

e eu era a 2ª a comprar o teu livro. as tuas palavras já fazem parte dos nossos dias, pelo menos dos meus.
parabéns, continua e até sempre.

blue disse...

obrigada, também e pelo mesmo motivo:

scarlata
hora tardia
ccf
marisa
gi
laura

at disse...

chego sempre atrasada. parabéns blue. este poema é muito muito bonito, cláudia.

blue disse...

é bom ter-te por cá, at. obrigada.

Arquivo do blogue

 
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.