13.5.07


(lápis sobre papel, anos 80)

as tuas mãos moveram-se sobre o tombar das rugas de pedra
esculpida a desenhar roupagens.


os teus dedos magros estenderam-se, vagarosos,

ao longo dos corpos assim impiedosamente nús
sob a relação entre o teu olhar devorador e o rasto, quase imperceptível,
das formas que os teus dedos deles procuravam adivinhar.

sensuais.


não ousei procurar os teus olhos.

de novo deles temi o retrato do meu corpo que assim se afogava nesses gestos,

desejando afogar-se no teu.

como uma intrusa,
abandonei-me, quieta,
ao ritmo, aos passos que depositaste naquele espaço circular.

mais tarde já era tarde demais
e a ousadia do movimento das tuas mãos perdera-se para sempre
nesses teus olhos esguios, prudentes e assustados

sob a força com que neles procurei resquícios desses segundos preciosos

que aqui procuro retratar.


perco-me assim por imagens que, sabiamente, me arrancaste do olhar

e a enorme vaga de gestos que não puderam, na hora precisa,

possuir o seu lugar.

6 comentários:

isabel mendes ferreira disse...

esguio


e fluido



quase inocência.




beijo.

_________________como sempre. belo.

marisa disse...

acho lindo, lindíssimo.
beijos

Sandokan disse...

Esta noite, o luar
é um corpo branco de mulher
no azul do ar,
reclinado,
roçando a fronte do poeta
eternamente dos céus enamorado.

Mas eu sou teu Amigo,
companheiro de
longas caminhadas.
Amigo
que não esquece a estrada,
porque ela é
uma doença romântica,
um assunto do coração,
uma metáfora da vida.
Anda, vem caminhar comigo
indiferente
a esta mais longa e
violenta caminhada,
porque terás sempre
a minha
SOLIDARIEDADE

*

Vem comigo, então, ao
http://lusoprosecontras.blogspot.com

hfm disse...

e eu perco-me nas tuas palavras que são imagens e nas imagens que vestem as palavras.

laura disse...

e o cansaço que encontro, descansado, nestas palavras e nestas imagens.

aida monteiro disse...

Descobri este espaço e fiquei realmente encantada com a beleza dos desenhos e a escultura que se forma em cada palavra.

um abraço.

Arquivo do blogue

 
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.