3.4.07




enlaça-me o colo, com as mãos
enlaça-me o ventre, o cabelo, os dedos
e ao fazê-lo, laça de um só silêncio
juras e medos

(que estou cansada das interpostas escritas
que se multiplicam na caixa de correio electrónica
de tantas cadeias de palavras engarrafadas
pela peça do teclado que não mobilizo

por tantas vozes vãs entupidas no meu ecrã mudo

que estou cansada, enfim, de imaginar
o que não me dizem por tanto me quererem dizer
que estou cansada de me perguntar
porque não me interpelam de facto)

enlaça-me o ventre, os dedos, os cabelos
enlaça-me sem reserva
e ao fazê-lo, laça de um só beijo
juras e medos

7 comentários:

Anónimo disse...

"que estou cansada das interpostas escritas
que se multiplicam na caixa de correio electrónica
de tantas cadeias de palavras engarrafadas
pela peça do teclado que não mobilizo..."



nada a acrescentar. tudo re.dito.



beijo.


calado.



(piano)

Anónimo disse...

ilustre arquitecta/pintora/escritora...




está no caderno de campo....da minha amiga Isabel Victor....


_______________

e não é que está soberana????

beijos.


(imf)

at disse...

A felicidade vive num laço assim.

isabel victor disse...

enlaçam-se

entrelaçam-se ...

ideias e vontades

artes
músicas
ilusões
dizeres
pareceres

em sintonia
em harmonia



*****************************

isabel

isabel mendes ferreira disse...

Beijo.........








embrulhado num "papelinho" macio....
:))))).

isabel mendes ferreira disse...

:))))))))))))))

bons sonhos



s.o.r.r.i.s.o.

laura disse...

lindo!

Arquivo do blogue

 
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.