11.8.06


(agosto 2001)


hoje, a luz matinal

antes do vento
antes dos pássaros
antes do calor

à distância de uma fracção de segundo
à balbúrdia dos aeroportos
ou ao restolhar das acácias africanas.

durante o tempo de um segredo
os beijos perdidos, as mãos suadas,
o olhar fugaz.

pouso os pés sobre o soalho que range
e já o dia se arrepia sob as ameaças perspicazes

(that long black cloud is coming down)

e sinto frio.

tu dormes,
todos dormem

intranquilos.

2 comentários:

blue disse...

"(...)that long black cloud is coming down(...)"
palavras roubadas de uma canção do bob dylan

Anónimo disse...

Excellent, love it! » » »

Arquivo do blogue

 
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.