28.7.08


(lápis sobre papel, sem data)

6 comentários:

laura disse...

"...talvez estivesse mesmo a acontecer-lhe alguma coisa estranha, a ela, a quem nunca tinha acontecido nada. aquelas asas eram concerteza sinal de qualquer coisa..."

Mar Arável disse...

Nem precisava de asas

esta mulher

Presença disse...

E voa
.
.
.
longe...

bjo

hfm disse...

No sonho das asas.

Daniel Curval disse...

Olá, gosto muito dos teus desenhos e poemas.
O teu caderno azul passou a ter um link no stilb.blogspot.com

LM,paris disse...

Desenho lindo pesaroso olhar em fios escuros.
Lindo.
un baiser de paris,
LM

Arquivo do blogue

 
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.