10.12.07

casca de laranja
calondro
dois figos

uma tangerina
vento do norte que trazes asas abertas
levas o meu amor de cangalha.

no meio das folhagens vermelhas, penas perdidas
brumas humedecem os paralelos da estrada
vento do norte vens de pele descoberta
fazes do meu corpo uma rótula exposta
trazes-me o inverno

levas o meu amor de cangalha.

4 comentários:

Natália Nunes disse...

Leva, eu deixo, eu quero...


Beijo, Claudia.

JRL disse...

o amor de cangalha... :). beijo.

Gi disse...

vento forte este
que espalha as folhas feitas tristeza
que abana os corpos feitos
solidão

Enluta-se a paisagem
quebram-se os galhos ...

beijos

isabel mendes ferreira disse...

fazes do meu corpo uma rótula exposta
trazes-me o inverno_______________
__________________________________



beijo. dezembrino.

Arquivo do blogue

 
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.