21.3.07


praça dos grilos, porto (tinta-da-china sobre papel, anos 80)

ergo-me escura, severa, granítica sobre a pequena praça que me acolhe
rasgada que foi a encosta a que me contraponho em silêncio
sobre as calçadas esburacadas esvoaçam gotas de água fria, pés descalços
em correria, vozes escorridas dos estendais enfeitam ruas escuras
onde o sol desagua de reflexo em reflexo, dos caixilhos de guilhotina
para as taipas cor de oiro, reverberando nas juntas dos panos de azulejo estremecido

adormecendo nas empenas vermelho-ôcre de chapa ondulada
revelando o céu entrecortado pelos beirais, linhas profundas de sombra
onde se abrigam pardais, sonhos e andorinhas.

na velha casa incrustada no burgo
cresce a figura do rapaz coada contra o tecto de maceira escuro
uma luminosidade serena assinala a figura da rapariga contra a sacada
veste camisa de rendas cerzidas por mãos de filigrana, saia de grosso linho
e ele alinha o seu rosto pelo perfume da barrela
pelas cinzas que clarearam o olhar que o assombra
pela braçada de jarros brancos caídos no chão encerado
o tempo parado, por momentos, colhido como uma flor bravia
perscrutando penumbras e silêncios
debruçados sobre o vértice do inverno
onde florescem camélias cor de púrpura

e os silêncios deslocam-se em massa
caiem desfeitos por um sorriso

8 comentários:

António disse...

Bom. Bom mesmo. Texto e desenho. A sério.

Andrade disse...

Concordo!! Muito bom! :-)

Anónimo disse...

uffa............


depois disto só mesmo o silãncio.



____________________



de tão bom...


(piano)

paulo disse...

Peço desculpa. Os estilos mudam, o livro em causa tem uns anos. Gosto ( também ) imenso do seu trabalho. Gostava de os ver em papel. E vou ver, de certeza.

isabel mendes ferreira disse...

Blue....espero que não esteja "zangada"...eu julgo que fui bem clara...mas afinal talvez não tenha sido...:((((.



beijo.

readmirando o seu trabalho.

Bandida disse...

brilhante!!!!!!!!!!

curvo-me perante ti.




B.
________________________________

marisa disse...

finalmente posso ver, saborear de novo a tua criatividade. estive uns tempos sem acesso à net.
beijos e saudações amigas
marisa

blue disse...

marisa, que bom estares de volta.
é bom saborear de novo a tua companhia.
beijo.

Arquivo do blogue

 
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.